quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Bolsonaro herda mais votos de Lula do que o próprio PT – Poder Intenso



Caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) realmente fique de fora da disputa presidencial de 2018, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) herdaria mais votos do petista do que o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, do PT. Enquanto o deputado fluminense ficaria com 7% dos votos dos eleitores de Lula, o baiano herdaria 4%. A maior…
via Bolsonaro herda mais votos de Lula do que o próprio PT — VEJA.com

Dados da pesquisa Datafolha servem de viés para a matéria da revista Veja que aponta Jair Bolsonaro como herdeiro dos votos de Lula, mas na opinião dos colaboradores da Questão Brasil o Deputado Federal não sobrevive a campanha deste ano, e apostam que a tendência é que Bolsonaro tenha suas intenções de votos "derretidas" até Outubro, justamente por ele não ter, até o momento um projeto consistente para o país e nem contar com uma gama partidária. 

Por ser o oposto de Lula e ter o Partido dos Trabalhadores como referência de corrupção, Bolsonaro tem surfado na onda repentina de popularidade, mas sem o PT e Lula para vitaminar o discurso a tendência é que ele comece a despencar em breve.
Outros pretensos candidatos podem se dar bem com a ausência de Lula na disputa, as apostas são nos nomes tidos como candidatos de direita, como o próprio Bolsonaro, mas que consigam apresentar um projeto consistente de governo, além de convencer o eleitor de que este planejamento possa tirar o Brasil da letargia em que o país se encontra nos últimos anos. Faltando nove meses para o pleito, não dá para afirmar com precisão quem vai se dar bem com o impedimento de Lula, mas é possível apontar a Democracia do Brasil como a maior derrotada nestas eleições.

domingo, 21 de janeiro de 2018

STJ derruba liminar e abre caminho para posse de Cristiane Brasil – NÃO DEVO ME CONFORMAR




Em uma vitória para o Palácio da Planalto, o vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, suspendeu a liminar que impedia a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. A decisão foi favorável a um recurso protocolado na quinta-feira (18) no STJ pela Advocacia-Geral da União (AGU). O…
via STJ derruba liminar e abre caminho para posse de Cristiane Brasil — VEJA.com

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Governo diz que entregará 75 mil moradias do Minha Casa até março | Blog de Goiânia



O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, informou hoje (8) que o governo deve retomar este ano as obras de 70 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida em todo o país que estavam paradas. Baldy manteve a previsão de entrega de 75 mil novas moradias do programa ainda no primeiro trimestre. “Temos previsto para…
via Governo diz que entregará 75 mil moradias do Minha Casa até março — EXAME

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Caciques do PMDB em pânico com eventual delação de Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha – Assuntos de Goiás | Questão Brasil





Reinaldo Da Silva Cruz



 O Indulto de Natal de Michel Temer acabou suspenso pela Presidente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Carmem Lúcia não tinha muito o que fazer diante de tantas benesses, com tanta flexibilização e afrouxamento das penas para criminosos do colarinho branco o Indulto de Natal mais parecia um "Insulto natalino" que acabou suspenso em parte. 
 
O Indulto que virou Insulto de Natal não diminuiu penas de condenados como queria Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima, e assim como os dois, Henrique Eduardo Alves também esperava ser beneficiado pelo polêmico Indulto, as três figuras são o calcanhar de Aquiles do MDB e para obter redução de pena ou antecipar as progressões a única saída que restou aos políticos-bandidos é mesmo a delação premiada a ser celebrada a qualquer momento com o Ministério Público.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Toffoli não julga; joga na confusão, diz Josias de Souza


E agora o comentário de Josias de Souza direto de Brasília. Ele fala sobre a posição do ministro Dias Toffoli no julgamento do foro privilegiado.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Marun ministro manda de vez a credibilidade do Governo Temer pras cucuias | O criador de caso



marun
Deputado Marum é polêmico, defensor de bandidos comprovadamente corruptos e deve acrescentar pouco a desgastada credibilidade do Governo Temer.

Pensando bem Carlos Marum pode ser visto como a imagem do Governo Temer, a face de quem busca o poder pelo poder, sem levar em conta os brasileiros...    




:: GGN em 09/12/2017 19:33 :: Luis Nassif Imagens para texto Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.
via Xadrez do fator Marun e dos fake prosecution, por Luis Nassif — JF Clipping

domingo, 10 de dezembro de 2017

Lula não estava na convenção Tucana, mas não foi esquecido… Alkimin e o PSDB estão prontos para guerra de 2018 – Politica

PSDB chuta Aécio, que nem saiu na foto e fugiu pela porta dos fundos; Alckmin assume partido e militantes brigam, teve até cadeiradas; veja o barraco dos tucanos. Com a chegada à presidência da sigla, Alckmin começa a erguer sua candidatura presidencial.




 Em seu primeiro discurso no posto, como antecipou a Folha, o paulista fez críticas pesadas ao PT e afirmou que Lula, seu possível adversário nas urnas em 2018, quer “voltar à cena do crime”. 








 
“Vejam a audácia dessa turma. Depois de ter quebrado o Brasil, Lula quer voltar ao poder”, disse. “Será que petistas merecem nova oportunidade? Nós os derrotaremos nas urnas.” O discurso do Governador paulista é forte e emblemático porque ele também esta sendo investigado por atos de corrupção e o partido ainda faz parte do Governo impopular de Michel Temer.
 

O governador também fez a defesa de uma pauta econômica reformista e responsabilizou o PT pela recessão dos últimos anos. “Acreditamos em políticas públicas perenes e não em bravatas de marketing”, afirmou.

“Lula será condenado nas urnas pela maior recessão da nossa história. As urnas o condenarão pelos 15 milhões de empregos perdidos, pelas milhares de empresas fechadas, pelos sonhos perdidos.




 

Segundo o tucano, é “hora de olhar para a frente com união e esperança renovada”.
   Como indica seu primeiro discurso à frente da legenda, o paulista pretende mirar o PT para abrir espaço na disputa pelo Planalto, até agora polarizada entre Lula e Jair Bolsonaro (PSC)



Resta saber qual discurso os Tucanos vão utilizar para atingir sem promover Bolsonaro a Fenômeno, afinal de contas o Petista tem contra si suspeitas graves, tão graves que o aproxima muito do alto clero do ninho Tucano. A candidatura de Jair Messias Bolsonaro pode ser alavancada pelo discurso do PSDB, é uma candidatura frágil, mas pode ficar robusta justamente porque no partido de Alkimin, inclusive ele, são suspeitos de alguma falcatrua ou ato de corrupção... 2018 promete muito.

Seguidores

Arquivo do blog