Questão Brasil nº 86 12 de maio de 2016

Assuntos de Goiás TV

domingo, 8 de outubro de 2017

Supremo Tribunal Federal decide que Religiões podem ser promovidas em escolas públicas – Eu Digo Sempre



O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os professores de escolas públicas podem pregar suas crenças na sala de aula. Os ministros da Corte analisaram um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). 

Para a Procuradoria, o ensino religioso em escolas públicas só pode ser de "natureza não confessional". Ou seja, sem vinculação a uma religião especíca, com proibição de admissão de professores na qualidade de representantes das concessões religiosas. 

A ação foi impetrada pela Procuradoria para discutir dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação sobre ensino religioso nas escolas públicas. 

Fonte: Religiões podem ser promovidas em escolas públicas http://bit.ly/2hzS2jz #QuestãoBrasil 1

sábado, 7 de outubro de 2017

Escárnio com os brasileiros: Governo Temer defende no STF aposentadoria especial para deputados e ex-deputados – Politica



A manifestação ocorre no momento em que o governo busca angariar votos para os seus dois maiores desafios no Legislativo: barrar o andamento da mais nova denúncia. 

Previdência, que reduz direitos e para os demais brasileiros.

Criado em 1997, o PSSC garante aos parlamentares benefícios como aposentadoria integral, averbação de chamada paridade, acúmulo de benefícios que extrapolam teto constitucional, pensão integral em caso de morte e custeio das aposentadorias por conta da União. 

Em parecer enviado ao Supremo, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, defende a manutenção das regras atuais para os congressistas. A ministra alega que elas vista a natureza política da função exercida. 

“Deve-se, ainda, salientar que a Constituição não veda a criação de regimes previdenciários específicos e nem limita a sua existência aos modelos atualmente em vigor”, não permite necessariamente extrair-se uma interpretação restritiva, de que este é o único regime possível.

Neste caso, entende-se que a previsão constitucional quis gerar excluídos do amparo de um regime previdenciário”, acrescenta a AGU


quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Indústria fecha primeiros oito meses do ano com crescimento de 1,5%, diz IBGE – Eu Digo Sempre



A queda de julho para agosto frente ao mês imediatamente anterior interrompe quatro meses consecutivos de expansão na produção, período em que a indústria acumulou crescimento de 3,3%. 



Os dados relativos à Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Brasil foram divulgados hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que na série sem ajuste sazonal, confronto com igual mês do ano anterior, a indústria cresceu 4% em agosto deste ano, após também registrar taxas positivas em maio (4,5%), junho (0,9%) e julho (2,9%). 


 Fonte: Indústria fecha primeiros oito meses do ano com crescimento de 1,5%, diz IBGE

domingo, 1 de outubro de 2017

#InvestiguemTemer é o assunto mais comentado do Twitter | Redes Sociais



A mobilização virtual em torno da votação da denúncia contra o golpista Michel Temer por corrupção levou ao primeiro lugar dos Trending Topics, os assuntos mais comentados do Twitter, a campanha #InvestiguemTemer.

A mobilização que começou já no inicio da manhã de quarta reúne notícias de atos, mobilizações, e é usada como forma de pressionar os deputados a votarem contra Temer. Os deputados da bancada do PT também aderiram à campanha, e estão ativamente utilizando suas redes sociais para fornecer a cobertura completa do que acontece no plenário mostrando a versão real dos fatos.



Entre os assuntos mais comentados do mundo na rede social, também está #ForaTemer. 


 Fonte: #InvestiguemTemer é o assunto mais comentado do Twitter | Partido dos Trabalhadores

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Com tanta corrupção e poucas punições no Brasil novos nomes aparecem para servir de alternativa ao Planalto





— Você acha que a política não tem mais jeito. E aí? Vai deixar nas mãos dos bandidos, dos amigos, dos herdeiros deles?



E convida:



— Vem fazer ativismo político comigo. Sou pré-candidata à Presidência...da República. É sério.



Não antecipa sua plataforma ou suas alianças.



Em conversa com um interlocutor, não se assume liberal ou estatizante na economia. "Mas sei que um país não pode ser governador como uma empresa".



Afirma que tem conversado com algumas pessoas sobre políticas públicas, "gente ao meu redor, mas ninguém conhecido".



E completa:





— Não tenho experiência política. Mas estou me lançando para ver a receptividade.



Valeria Monteiro anunciou que pretende se candidatar à Presidência da República nas eleições de 2018. Distante da televisão desde que apresentou um especial no canal Viva, a jornalista foi a primeira mulher a apresentar o Jornal Nacional, no ano de 1992. 

Em um primeiro momento, ela tem a ideia de fazer uma campanha independente como ativista política. A jornalista diz que está em conversa com alguns partidos, mas que ainda é cedo para escolher uma legenda - o prazo para filiação de candidatos ao Planalto é até abril.

Um dos principais temas alvo de sua preocupação é a corrupção sistêmica somada e o desinteresse dos políticos "por aqueles que deveriam representar". Para ela, a descrença que se tem pela classe política é a sentença ao empobrecimento enquanto nação.

Sobre a falta de experiência, ela diz que espera que a sua independência possa ganhar força perante os eleitores. "Sou inexperiente, mas aprendo rápido".

A ex-apresentadora também é crítica ao atual presidente Michel Temer, que pode não ter dado um golpe, mas governa sem legitimidade.

Aos 50 anos, Valeria Monteiro, além do Jornal Nacional, apresentou o Fantástico, Jornal Hoje e o RJTV. Nos Estados Unidos, onde foi morar após deixar a emissora carioca, trabalhou na WNBC, da NBC em Nova York, e pelo canal Bloomberg. Ela voltou ao Brasil em 2002 e tem uma produtora em Campinas. 

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Em todas as regiões do estado lideranças estão engajadas no projeto político de Júlio Paschoal para 2018 – Eu Digo Sempre

Denise Palheta, influente liderança comunitária e religiosa, com forte atuação no Setor Coimbra, em Goiânia, está firme com Júlio Paschoal, pré-candidato a deputado estadual no ano que vem.
Assim como o vereador Magal, do PSDB, e Edevani, ambos de Araçu, estão também aliados com Júlio.
 
Assim como Débora Queiróz, de Niquelândia, liderança jovem do PSDB e secretária da Executiva do Conselho Estadual da Mulher.
 
São esses alguns exemplos da rede de apoio que Júlio Paschoal está formando, visando sua campanha, em 2018.

Em mais de 180 municípios, em todo o Estado, o tucano terá apoiadores, sendo jovens, empresários, lideranças políticas, comunitárias, religiosas, entre outras.
 

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Operação Lava Jato | Marcelo Odebrecht diz que "aprovou com Palocci" compra de terreno para Instituto Lula

O ex-ministro Antônio Palocci presta depoimento hoje (6) à tarde na 13ª Vara Federal de Curitiba na condição de réu da ação penal da Lava Jato que envolve a compra de um terreno para construção do Instituto Lula e de um apartamento em São Bernardo do Campo. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também é réu deste processo.

Palocci está detido na carceragem da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Ele foi condenado em outra ação penal da Lava Jato a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Neste processo, o Ministério Público Federal (MPF) afirma que o Grupo Odebrecht comprou um terreno no valor de R$ 12,4 milhões para a construção do Instituto Lula — obra que não chegou a ser executada. Ainda segundo a denúncia, o ex-presidente também recebeu como vantagem indevida da empreiteira uma cobertura vizinha ao apartamento onde mora, em São Bernardo do Campo.

Além de Antônio Palocci, serão ouvidos hoje outros três réus deste processo: o dono da empresa DAG Construtora, Demerval de Souza Gusmão Filho; o primo do pecuarista José Carlos Bumlai, Glauco da Costa Marques; e o advogado Roberto Teixeira.
Palocci depõe hoje em processo da Lava Jato que envolve Lula e Odebrecht | Agência Brasil - Últimas notícias do Brasil e do mundo

Seguidores

Arquivo do blog